Mais de 40% da Classe Contábil são constituídos por mulheres. E a perspectiva é que a equidade de gênero na profissão aconteça nos próximos cinco anos. Além da presença expressiva na contabilidade, elas também são destaque nos espaços de poder do Sistema CFC/CRCs. Prova disso é o crescimento da presença feminina em cargos como os de presidentes das entidades. Para a gestão 2020/2021, já são 10 mulheres ocupando as presidências dos Conselhos Regionais de Contabilidade (CRCs) e, em muitos estados, elas assumem o cargo pela primeira vez, como é o caso de Santa Catarina (SC).

Empresária contábil há 30 anos, a contadora Rúbia Albers Magalhães foi eleita presidente do CRCSC após 73 anos de lideranças masculinas. “As mulheres estão transformando o mundo contábil com eficiência e liderança. Elas são articuladas, destemidas e trabalham sempre em parceria. Em pouco tempo, elas serão metade do universo da contabilidade”, afirmou o presidente do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Zulmir Breda, durante a posse da nova diretoria do CRCSC, realizada na noite de quarta-feira (29/01/2020), em Florianópolis (SC).

Breda ressaltou que a luta da mulher no Sistema CFC/CRCs começou há 20 anos com o projeto Mulher Contabilista. “Hoje, todos os avanços são resultantes de ações iniciadas lá atrás e temos muito orgulho desses frutos”. Ele ainda destacou a atuação de mulheres que lideraram tais transformações, como a contadora Maria Clara Cavalcante Bugarim, ex-presidente do CFC e que, atualmente, representa a Associação Interamericana de Contabilidade (AIC), repetindo história: além de ter sido a primeira presidente do Conselho Federal de Contabilidade, por duas gestões, ela também é a primeira a assumir o cargo da entidade internacional.

“Tenho absoluta certeza de que a presidente Rúbia continuará o legado de excelência deixado por gestões passadas, sempre com o intuito do aprimoramento e dos avanços necessários para o desenvolvimento de nossa profissão”, completou Zulmir Breda.

A presidente da Associação Interamericana de Contabilidade (AIC), Maria Clara Cavalcanti Bugarim, prestigiou a posse e disse que as mulheres “estão mais preparadas do que nunca” para tais desafios. “Lembro que a Rúbia integrava a comissão Jovem Contábil, em 2006, e pude acompanhar todo o seu legado. É emocionante poder encorajar outras mulheres e vivenciar suas conquistas”, afirmou.

A nova presidente do CRCSC agradeceu os votos de sucesso e reforçou a importância da confiança que as gestões precisam ter no trabalho da força feminina. “Em 2016, fui vice-presidente de Administração e Finanças, na gestão do então presidente Marcello Seemann, e fiquei muito feliz quando ele disse que eu era o seu braço direito! Naquele momento, comecei a trabalhar e pensar que eu poderia, sim, um dia também chegar à presidência e fazer uma gestão tão eficaz e comprometida quanto à do ex-presidente Marcello”, lembrou.

Em seu discurso de posse, ela garantiu que o seu mandato será baseado em “conectar, aproximar, interagir ainda mais todos os profissionais, de forma inovadora e transparente, com o intuito de valorizar a classe contábil catarinense”.
O presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Paraná (CRCPR), Laudelino Jochem, prestigiou a solenidade na companhia do vice-presidente de Desenvolvimento Profissional, Aguinaldo Mocelin, e do diretor superintendente, Gerson Borges de Macedo.

Fonte: CRCPR



Comentários

Comentários