O cadastro de pessoa física (o popular CPF) é, nesses tempos de pandemia, o mais importante documento que você tem que ter: para receber qualquer auxílio financeiro, fazer compras online ou abrir uma conta bancária – qualquer coisa que envolva dinheiro – ele é necessário. Se você ainda não tem, pode solicitá-lo no site da Receita Federal (as agências estão fechadas).

Para ter um CPF não é necessário nem ser maior de idade (até mesmo crianças podem ter cadastro de pessoa física, principalmente se recebem pensão alimentícia ou outro auxílio financeiro) mas a solicitação online é apenas para quem tem entre 16 e 25 anos. É um processo simples e gratuito.

Esses são os documentos que você precisa ter:

  1. Carteira de identidade, passaporte ou carteira de motorista – qualquer documento de identificação oficial com foto.
  2. Certidão de nascimento ou de casamento, caso não conste no documento de identificação oficial a naturalidade, a filiação e a data de nascimento;
  3. Título de eleitor ou comprovante de alistamento eleitoral (você pode pedir no site do Tribunal Regional Eleitoral); se você tem entre 16 e 18 anos, esse documento é facultativo, já que você pode, mas não é obrigado a votar.

Como solicitar o CPF

A Receita Federal já avisou que “as alterações e regularizações de CPF levam em média 72 horas para serem atualizadas nos sistemas da Caixa Econômica Federal, para fins de solicitação do Auxílio Emergencial”.

1. Acesse o site da Receita Federal e escolha a opção “CPF”.

2. Para tirar a primeira via, clique em “Inscrição – 1ª via CPF – Brasileiros Residentes no Brasil”.

3. Selecione a opção “Pessoas de 16 a 25 anos que possuam Título de Eleitor regular”.

4. Preencha o formulário e envie.

Por email, somente até o fim do mês

Se você não conseguir acessar o site da Receita Federal, pode fazer a solicitação do CPF por email (mas somente até o dia 29 de maio). Você precisará digitalizar os seguintes documentos para o envio:

1. Documento de identificação atualizado;

2. Título de eleitor (se você tiver menos de 18 anos, é facultativo);

3. Comprovante de residência (se não tiver um, informe no corpo do email o seu endereço completo);

4. Uma selfie (foto do rosto, do pescoço para cima) segurando seu documento de identidade aberto (frente e verso). É preciso que a foto e o número do documento estejam legíveis.

Para saber para que email você deve enviar a solicitação de CPF, confira abaixo qual a jurisdição de onde você mora:

1ª Região Fiscal (DF, GO, MT, MS e TO): atendimentorfb.01@rfb.gov.br

2ª Região Fiscal (AC, AM, AP, PA, RO e RR): atendimentorfb.02@rfb.gov.br

3ª Região Fiscal (CE, MA e PI): atendimentorfb.03@rfb.gov.br

4ª Região Fiscal (AL, PB, PE e RN): atendimentorfb.04@rfb.gov.br

5ª Região Fiscal (BA e SE): atendimentorfb.05@rfb.gov.br

6ª Região Fiscal (MG): atendimentorfb.06@rfb.gov.br

7ª Região Fiscal (ES e RJ): atendimentorfb.07@rfb.gov.br

8ª Região Fiscal (SP): atendimentorfb.08@rfb.gov.br

9ª Região Fiscal (PR e SC): atendimentorfb.09@rfb.gov.br

10ª Região Fiscal (RS): atendimentorfb.10@rfb.gov.br

Atenção: se seu CPF estiver irregular ou você precisar de uma segunda via, não peça um número novo. Pelo aplicativo do CPF digital você encontrará as orientações de como proceder.

Fonte: Tecmundo

Comentários

Comentários