Aprovado projeto que facilita acesso ao crédito em bancos públicos

O Senado aprovou no dia 19/11 um projeto para facilitar o acesso ao crédito, de forma a minimizar o impacto negativo da pandemia de covid-19 na economia. O Projeto de Lei (PL) 4.528/2020, do senador Paulo Rocha (PT-PA), dispensa a exigência de uma série de documentos fiscais na hora da contratação ou renegociação de empréstimos, por empresas ou pessoas físicas, junto aos bancos públicos. As…

Empresas têm até o dia 30 de novembro para preencher questionários de pesquisas econômicas estruturais

Está chegando ao fim o período de coleta das pesquisas econômicas estruturais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) . Empresas com Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério da Fazenda e que estejam classificadas no Cadastro Central de Empresas (Cempre) devem responder aos formulários até o dia 30 de novembro. Os dados servem para subsidiar o planejamento governamental e como base para o…

Ministério da Economia automatiza processamento de registros no Sistema de Registro de Informações de Promoção

Os registros no Sistema de Registro de Informações de Promoção (Sisprom) começaram a ser processados de forma automática desde segunda-feira (9/11), segundo a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia. São registradas no Sisprom as contratações, no exterior, de serviços de pesquisas de mercado e de promoção comercial previstas pela Lei nº 9.481, de 13 de agosto de 1997. O registro prévio é…

Empresas inadimplentes não serão excluídas do Simples em 2020

As micro e pequenas empresas inadimplentes com o Simples Nacional não serão excluídas do regime especial em 2020, informou no mês de outubro a Receita Federal. O Fisco atendeu a pedido do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e decidiu suspender o processo de notificação e de expulsão do regime como forma de ajudar os pequenos negócios afetados pela pandemia do…

Auxílio Emergencial minimizou perdas do varejo durante pandemia, diz Fecomércio

O Auxílio Emergencial ajudou os brasileiros a passarem pelos piores meses da pandemia, Segundo a Fecomércio SP, no caso do varejo, o benefício do governo ajudou a reduzir as previsões de perdas de 13,8% para 6,7%. Um levantamento feito pela federação paulista mostra que deve passar de R$ 151 bilhões a injeção de recursos no varejo entre abril e setembro. O pagamento de R$ 600…